Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Prefeitos perceberam lições da eleição e terão que se adaptar para 2020.

10 de Janeiro de 2019

 O presidente da Associação Amazonense dos Municípios (AAM), Andreson Cavalcante, afirma que prefeitos perceberam sutilezas do pleito de 2018. Prefeito de Autazes, ele é taxativo: “Quem não se adaptar terá dificuldades em 2020”.

 
Andreson analisou o quadro político do Estado, alternativas econômicas e o governo Wilson Lima em entrevista a este portal. “Não é possível que uma riqueza como o minério de potássio (silvinita) permaneça no subsolo. Autazes tem a maior mina do planeta e temos que explorá-la”, enfatiza.
 
O presidente revelou que os prefeitos amazonenses formarão caravana para visitar o Pará, onde a mineração floresce. O principal foco da visita será a fórmula paraense para obter licenças ambientais.  
 
Pioneiro
 
Autazes foi o primeiro Município amazonense a ter uma legislação específica de proteção ao tucunaré, ícone da pesca esportiva. É proibido abater a espécime e placas afixadas em feiras mostram que é proibido comercializá-lo em qualquer época do ano. “O tucunaré é um peixe de pouco valor para venda, mas dentro da água é o ouro amazônico”, disse.
 
O presidente da AAM afirma que todos os prefeitos do Amazonas, inclusive Arthur Virgílio, de Manaus, estão filiados à entidade. E comenta a acusação de que o governador Amazonino tenha deixado ruas asfaltadas pela metade para terminar só se eleito.


 
Fonte: Portal do Marcos Santos.
Foto: Assessoria de Comunicação AAM.
registrado em:
Fim do conteúdo da página