Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

II Simpósio Internacional de Gestão Ambiental e Controle de Contas Públicas

20 de Agosto de 2019.

imagem sem descrição.

A 2ª edição do Simpósio Internacional sobre Gestão Ambiental e Controle de Contas Públicas, evento voltado ao debate acerca da importância da Amazônia e dos demais biomas brasileiros e a atuação dos tribunais de contas em sua preservação, será realizada de 16 a 18 de outubro de 2019, em Manaus, Amazonas.

O documento firmado por ocasião do I Simpósio, ocorrido há nove anos, é o texto-base que norteia a ação dos Tribunais de Contas a agir de forma preventiva, e, ao mesmo tempo, fiscalizar a aplicação correta dos recursos públicos.  Agora, o TCE do Amazonas, pioneiro na institucionalização da variável ambiental no controle externo, propõe um novo debate para amplificar os resultados da Carta da Amazônia.

Sob a coordenação-geral da conselheira-presidente, Yara Lins dos Santos, e do vice-presidente, conselheiro Mario de Mello, o evento tem apoio do Ministério Público de Contas (MPC), da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), além da parceria de importantes instituições que tem apoiado a discussão acerca da formulação e implementação das auditorias ambientais no seio dos TCEs, como o Instituto Rui Barbosa (IRB) e o Tribunal de Contas da União (TCU) que, empenhados no desenvolvimento sustentável, priorizam temas relevantes para o conhecimento e discussão com a sociedade que refletem o amadurecimento do controle de contas no Brasil.

O II Simpósio Internacional sobre Gestão Ambiental permitirá a todos os participantes uma dupla visão da questão ambiental, técnica e ao mesmo tempo holística, tal qual os mistérios da Amazônia, a simbiose entre a floresta e o rio. O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas dará suporte necessário ao desenvolvimento deste projeto, no intuito de integrar todos os tribunais de contas e parceiros institucionais oportunizando exposições ambientais, oficinas técnicas e difusão de programas e projetos institucionais.

Objetivos

  1. Estimular as instâncias participativas do controle externo dos tribunais de contas a implementar a variável ambiental em auditorias específicas;
  2. promover o intercâmbio e a troca de experiências entre as Cortes de Contas e as instituições internacionais;
  3. Promover discussão dos resultados da Carta da Amazônia.

Local: Centro de Convenções do Estado do Amazonas

Fonte: TCE-AM
 
registrado em:
Fim do conteúdo da página