Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Município que não enviar Plano de Ação do Suas pode ter recursos suspensos, prazo termina no dia 10

04 de Setembro de 2018

Os Municípios têm até a próxima segunda-feira, 10 de setembro, para enviarem o Plano de Ação do Sistema único de Assistência Social (Suas) 2018. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) alerta os gestores municipais da Assistência Social sobre o encerramento do prazo e destaca orientações em relação aos procedimentos que precisam ser adotados nesse tipo de medida. O descumprimento pode causar a suspensão de repasse de recursos aos Municípios. 

Conforme estipulado pela Portaria 118/2018 da Secretaria Nacional de Assistência Social (Snas), os Municípios precisam enviar o parecer somente após o preenchimento do plano por parte do gestor. Depois, o Conselho Municipal de Assistência Social (Cmas) é responsável pela avaliação, prova e envio que deve ser feito por meio do Sistema de Autorização e Autenticação (SAA) do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). 

A CNM reforça a importância dos gestores municipais cumprirem o prazo e validarem o plano de ação do Suas. A entidade lembra que é de competência do Conselho de Assistência Social aprovar ou reprovar o Plano de Ação, bem como emitir o parecer lavrado em ata ou resolução publicada em meio oficial de divulgação manifestando sua aprovação ou reprovação ao planejamento do Município. 

A CNM destaca ainda que o acesso ao Plano de Ação só será possível com o Cadastro de Pessoa Física (CPF) e senhas do Titular e/ou do Adjunto seja do Gestor ou do Conselho. Nessas situações, o Conselho somente emitirá seu parecer após a finalização do Plano pelo Gestor. Por fim, a Confederação alerta que o não preenchimento do Plano de Ação por parte do gestor e deixar de fornecer o parecer favorável por parte do controle social após o prazo final estipulado pela portaria vai implicar na suspensão de repasse de recursos. 

O preenchimento do Plano de Ação pelos Municípios facilita o acesso às informações, transparência no uso do dinheiro público e maior controle social. Essas ações visam promover o bom uso dos recursos e reduzir o custo operacional do sistema como um todo. 

Acesse a portaria que estabelece o prazo do Plano de Ação 2018

Fonte: Portal CNM.

registrado em:
Fim do conteúdo da página